Boas práticas

boas práticas

O que é uma boa prática?

De acordo com a UNESCO no seu programa MOST (Management of Social Transformations), uma boa prática educativa é uma iniciativa, uma política ou um modelo de atuação bem sucedido, que melhora os processos académicos e os resultados educativos dos alunos.

Paralelamente, a Universidade Internacional de Valência, na sua publicação Boas práticas em educação, um conjunto de interessantes experiências e opiniões de profissionais da docência realça que um dos principais objetivos de uma boa prática é fazer com que esta permita que se aprenda com as experiências e aprendizagens de outros, aplicando-as e adaptando-as a contextos semelhantes e assim se consiga uma repetição de bons resultados.

A nível global, as boas práticas educativas caracterizam-se pelos aspetos seguintes:

  • Replicáveis porque servem de modelos para o desenvolvimento de políticas e iniciativas noutros lugares.
  • Inovadoras porque desenvolvem soluções novas ou criativas.
  • Eficientes porque demonstram um impacto positivo e palpável no melhoramento educativo. O caráter inovador de uma boa prática é complementado com a sua eficiência; caso contrário, ficaria limitada a uma simples novidade.
  • Sustentáveis devido às suas exigências sociais, económicas e ambientais podem-se manter no tempo e provocar efeitos duradouros

Além disso, com o objetivo de educar uma cidadania ativamente empenhada na consecução de um mundo mais equitativo e sustentável, outros aspetos importantes de uma boa prática são:

  • Sensível aos assuntos de género
  • Ser o resultado de um processo participativo
  • Respeitar e valorizar a diversidade
  • Interesse no, e preocupação com o consumo responsável e o cuidado do meio ambiente
boas práticas-círculos

Que é que posso encontrar neste sítio da Internet?

O sítio da Internet MyE2O partilha as boas práticas educativas das Escolas de Segunda Oportunidade(E2O) para melhorar os processos de ensino e aprendizagem, tendo em vista diminuir a taxa de abandono escolar precoce e o desemprego juvenil. Dedicada num primeiro passo à Espanha, a plataforma incorporará pouco a pouco as melhoras práticas das Escolas de Segunda Oportunidade da França e de Portugal.

Aceda às boas práticas mais vistas pela nossa comunidade