*Informamos que as boas práticas são publicadas no idioma original de origem da escola e as traduções para outros idiomas são feitas por um tradutor automático.

0

Categoria:Desenvolvimento de competências profissionais e sociais Integração profissional e social
Tags:Acompanhamento Orientação Individualização

Entendemos a que o acompanha, que envolveu:
Subjetividade - quer - Interrogar - Ouça - Olha - Exclusividade - tempo e tarde - Link - Welcome - Transitar - Dê um tempo e lugar - trabalho colaborativo - Famílias.

Pontos de partida:

  • Despertar o desejo.
  • Acomodar cada aluno em seu / sua diferença.
  • Dar uma resposta única em sua dificuldade igualmente singular.
  • A instituição todo e começa serviço de escuta cada adolescentes e jovens: estratégias de ensino, espaços internos metodológicas de trabalho, colaborações de extimity, ligação com as famílias.

ALUNO / A:

  • HOSPITALIDADE - Ouça com a oportunidade.
  • Tempo lógico - Consentir aprendizagem.
  • Que o acompanha - do tempo e pregos.
  • ITINERÁRIO E OPERAÇÕES - Acomodando subjetiva para o tempo de treinamento oferecido.
  • PROFESSORES ESPAÇOS - facilitar a aprendizagem de diferentes níveis e ritmos.

1. Recepção:
Quem vem? Um homem que não é um aluno / a. Ele não deu o seu consentimento.
Como funciona? Sozinho, com uma experiência de abandono, de não caber. Ele não consentiu aprendendo.
Como agir? Dê tempo e espaço para gerar um link e começar consentimento.
Na prática:
reunião individual com o Diretor: ouvir e anfitrião da particularidade.
Casa de família: visitar áreas relacionando-a com uma nova oportunidade.
Reunião com o tutor / a antes de entrar para o grupo.
A entrada às 9h. Nós.

2. O TEMPO LÓGICO
Vs. O tempo focado em calendários, ritmos e objetivos básicos do conteúdo.
Um tempo para: consentimento aprendizagem, assumir e corrigir isso o impede de oferecer um espaço para gerar o link e desenvolver o desejo.
Na prática:
Não responder rapidamente com uma oferta educativa. itinerários mais longos e formação flexível que pode ser adaptada à particularidade de cada aluno / a.

3. que o acompanha
O trabalho centra-se na questão proposta cada menino e menina.
Espaços de reunião tempo e fora.
É acompanhado em todos os momentos que surgem obstáculo ou uma nova vida se abre.
Acompanhe toda a equipe, não apenas o tutor / oficial. Depende do link.
Na prática:
Mentoring da vida quotidiana. Sem espaços estabelecidos: a recepção, pátios, calçadas, caminhos entre oficinas ...
Trabalhamos constantemente para desenvolver intervenções específicas para cada aluno / a equipe.

Menores de 16 anos: o tutor / a está sempre presente nas salas de aula e oficinas.

Mais de 16 anos de presença é modulada tutor / a.

4. ROTAS E OPERAÇÕES
Acomodando subjetiva e lógico formações diferentes tempo.
Transições de um estágio para outro sem perder a conexão.
O conceito de escola de visualizar um futuro de três a quatro anos.
Saídas história processo de tomada de pessoal e treinamento e plano de trabalho.
Na prática:
como percursos educativos, mudança permitindo e especialidade estágio formativo.
Três partidos conversa: estudante / A - tutores / as de 2 etapas. o processo é lembrado e objetivos definidos.
serviço de aconselhamento de emprego para preparar saídas principais de trabalho.

5. espaços de ensino

Adaptação de espaços de aprendizagem para permitir conteúdo educacional de diferentes níveis e ritmos de trabalho particular.
Espaços preparados para desenvolver o desejo especial de continuar a formação.
Na prática:
Profissionalização oficinas.
horários adaptados e diferentes níveis.
Combinação de trabalho individual e cooperativa; para materiais e projectos.
grupos pequenos (10-17).
Espaços tutoria e alfabetização.

Compartilhar:
Coletivo:Jovens

Deixar um comentário