*Informamos que as boas práticas são publicadas no idioma original de origem da escola e as traduções para outros idiomas são feitas por um tradutor automático.

0

Categoria:Desenvolvimento de competências profissionais e sociais
Tags:Apoio em procuras sociais Aprendizagem permanente Competências sócio-pessoais Trabalho em grupo

Esta crise deixa-nos a necessidade de criar uma nova sociedade e mundo em que os jovens desempenhem um papel muito importante e onde tenham muito a dizer, pois são o futuro.

Este é o ponto de partida do projeto de empreendedorismo social Desafio Futuro da Fundação Exit, da qual participou parte dos alunos E2O da nossa entidade. Seu objetivo tem sido que os jovens participantes proponham iniciativas para enfrentar a atual situação causada pelo Covid-19 nas diferentes áreas da sociedade, como cultura ou educação.

Essas propostas têm sido realizadas promovendo o trabalho em equipe, o empoderamento e a responsabilidade social. Cada equipa ficou encarregue de apresentar o seu desafio aos restantes participantes e júri, pertencentes a diferentes territórios.

O resultado mostra que são muitos os jovens comprometidos com a sociedade em que vivemos e dispostos a dar o melhor de si para construir novos caminhos para se desenvolver como indivíduos e profissionais.

Mais informação

Compartilhar:
Coletivo:
  • Jovens

Deixar um comentário

Um dos elementos que nos surpreendeu ao realizar esta metodologia é o desconhecimento por parte da população jovem do uso do PC e outras tecnologias. Frequentemente, assume-se que a população jovem, denominada nativos digitais, possui um alto nível de conhecimento ou capacidade de adquirir habilidades digitais. A experiência nos mostrou que o uso de smartphones é muito alto, mas não de programas básicos como o Office, cujo manuseio é muito limitado. Essa carência reforçou a necessidade de incluir esses conteúdos nos treinamentos para aumentar suas chances de encontrar um emprego. Um dos elementos que nos surpreendeu ao realizar esta metodologia é o desconhecimento por parte da população jovem do uso do PC e outras tecnologias. Frequentemente, assume-se que a população jovem, denominada nativos digitais, possui um alto nível de conhecimento ou capacidade de adquirir habilidades digitais. A experiência nos mostrou que o uso de smartphones é muito alto, mas não de programas básicos como o Office, cujo manuseio é muito limitado. Essa carência reforçou a necessidade de incluir esses conteúdos nos treinamentos para aumentar suas chances de encontrar um emprego. Um dos elementos que nos surpreendeu ao realizar esta metodologia é o desconhecimento por parte da população jovem do uso do PC e outras tecnologias. Frequentemente, assume-se que a população jovem, denominada nativos digitais, possui um alto nível de conhecimento ou capacidade de adquirir habilidades digitais. A experiência nos mostrou que o uso de smartphones é muito alto, mas não de programas básicos como o Office, cujo manuseio é muito limitado. Essa carência reforçou a necessidade de incluir esses conteúdos nos treinamentos para aumentar suas chances de encontrar um emprego.