*Informamos que as boas práticas são publicadas no idioma original de origem da escola e as traduções para outros idiomas são feitas por um tradutor automático.

0

Categoria:Colaboração com empresas Desenvolvimento de competências profissionais e sociais Integração profissional e social
Tags:Competências básicas Competências sócio-pessoais Competências técnico-profissionais

Pelo segundo ano começamos OPORTUNIDADE DA MANHÃ, uma atividade cujo objetivo é para / os jovens, especialmente os / jovens com mais dificuldades, saber todas as oportunidades disponíveis para eles, tanto a formação e emprego, empreendedorismo, idiomas , a mobilidade internacional, o voluntariado, igualdade, inovação social, meio ambiente, novas tecnologias e recreação responsável. É um evento aberto a todos / to / jovens de Málaga, que colabora nossa Escola de Segunda Oportunidade

Passamos dois anos realizando este evento. No dia consiste de uma manhã em que as oportunidades para / jovem Bustin: Market Street social. A filosofia é que eles sabem tudo o que têm à sua disposição, além de abordar o testemunho em primeira mão sobre constituindo um exemplo a seguir.

Por quase 4 horas têm desfrutado Micro-fala influenciadores e jovens empresários / as, oficinas ao vivo Novas Tecnologias, Inovação Social, Mobilidade Europeia, grafite Colaborativos, música, esportes, desenho e visitar os diferentes stands das entidades social com os recursos que cada um oferece.

A atividade acontece na rua, no bairro, em um espaço que / os jovens vêem como sua própria e que, por sua vez, vizinhos e vizinhos, as / os comerciantes e empresas da área envolvidos com soluções para o desafio do desemprego juvenil e falta de oportunidades para / jovem.

O primeiro ano tivemos um share / impacto de 1000 jovens de diferentes institutos da cidade e de entidades e programas, em 2019 comparecimento foi de 800 jovens no total, 50 organizações sociais também participar em Málaga.

El evento lo preparamos con dos meses de antelación, creando una comisión formada por técnicos/as de Arrabal y de la Asociación Mangas Verdes, las dos que lo lideran y comenzamos decidiendo las entidades diana que queríamos que participasen , se les envió a todas el dossier informativo (va en adjunto) con una carta de invitación y a medida que nos iban confirmando la asistencia se iba creando un plano del evento. De esta misma manera se contactó con IES de Málaga, así como con entidades que llevan acciones formativas y que les podría interesar. También después de nuestra trayectoria de años con cursos de formación, emprendimiento y actividades de ocio y tiempo libre, se contactó con las personas que harían de influencers.

Compartilhar:
Coletivo:
  • Pessoal docente
  • Jovens
0

Categoria:Colaboração com empresas Desenvolvimento de competências profissionais e sociais Integração profissional e social
Tags:Competências básicas Competências sócio-pessoais Competências técnico-profissionais

Pelo segundo ano começamos OPORTUNIDADE DA MANHÃ, uma atividade cujo objetivo é para / os jovens, especialmente os / jovens com mais dificuldades, saber todas as oportunidades disponíveis para eles, tanto a formação e emprego, empreendedorismo, idiomas , a mobilidade internacional, o voluntariado, igualdade, inovação social, meio ambiente, novas tecnologias e recreação responsável. É um evento aberto a todos / to / jovens de Málaga, que colabora nossa Escola de Segunda Oportunidade

Passamos dois anos realizando este evento. No dia consiste de uma manhã em que as oportunidades para / jovem Bustin: Market Street social. A filosofia é que eles sabem tudo o que têm à sua disposição, além de abordar o testemunho em primeira mão sobre constituindo um exemplo a seguir.

Por quase 4 horas têm desfrutado Micro-fala influenciadores e jovens empresários / as, oficinas ao vivo Novas Tecnologias, Inovação Social, Mobilidade Europeia, grafite Colaborativos, música, esportes, desenho e visitar os diferentes stands das entidades social com os recursos que cada um oferece.

A atividade acontece na rua, no bairro, em um espaço que / os jovens vêem como sua própria e que, por sua vez, vizinhos e vizinhos, as / os comerciantes e empresas da área envolvidos com soluções para o desafio do desemprego juvenil e falta de oportunidades para / jovem.

O primeiro ano tivemos um share / impacto de 1000 jovens de diferentes institutos da cidade e de entidades e programas, em 2019 comparecimento foi de 800 jovens no total, 50 organizações sociais também participar em Málaga.

El evento lo preparamos con dos meses de antelación, creando una comisión formada por técnicos/as de Arrabal y de la Asociación Mangas Verdes, las dos que lo lideran y comenzamos decidiendo las entidades diana que queríamos que participasen , se les envió a todas el dossier informativo (va en adjunto) con una carta de invitación y a medida que nos iban confirmando la asistencia se iba creando un plano del evento. De esta misma manera se contactó con IES de Málaga, así como con entidades que llevan acciones formativas y que les podría interesar. También después de nuestra trayectoria de años con cursos de formación, emprendimiento y actividades de ocio y tiempo libre, se contactó con las personas que harían de influencers.

Compartilhar:
Coletivo:
  • Pessoal docente
  • Jovens

Deixar um comentário

Um dos elementos que nos surpreendeu ao realizar esta metodologia é o desconhecimento por parte da população jovem do uso do PC e outras tecnologias. Frequentemente, assume-se que a população jovem, denominada nativos digitais, possui um alto nível de conhecimento ou capacidade de adquirir habilidades digitais. A experiência nos mostrou que o uso de smartphones é muito alto, mas não de programas básicos como o Office, cujo manuseio é muito limitado. Essa carência reforçou a necessidade de incluir esses conteúdos nos treinamentos para aumentar suas chances de encontrar um emprego. Um dos elementos que nos surpreendeu ao realizar esta metodologia é o desconhecimento por parte da população jovem do uso do PC e outras tecnologias. Frequentemente, assume-se que a população jovem, denominada nativos digitais, possui um alto nível de conhecimento ou capacidade de adquirir habilidades digitais. A experiência nos mostrou que o uso de smartphones é muito alto, mas não de programas básicos como o Office, cujo manuseio é muito limitado. Essa carência reforçou a necessidade de incluir esses conteúdos nos treinamentos para aumentar suas chances de encontrar um emprego. Um dos elementos que nos surpreendeu ao realizar esta metodologia é o desconhecimento por parte da população jovem do uso do PC e outras tecnologias. Frequentemente, assume-se que a população jovem, denominada nativos digitais, possui um alto nível de conhecimento ou capacidade de adquirir habilidades digitais. A experiência nos mostrou que o uso de smartphones é muito alto, mas não de programas básicos como o Office, cujo manuseio é muito limitado. Essa carência reforçou a necessidade de incluir esses conteúdos nos treinamentos para aumentar suas chances de encontrar um emprego.